Últimas reflexões

sobre o universo da logística

Logística de Distribuição: Como ela é aplicada dentro das empresas?

Logística de Distribuição: Como ela é aplicada dentro das empresas?

Saiba como a Logística de Distribuição é aplicada dentro das empresas.

A logística de distribuição é muito importante pois, é através dela que é feito o contato direto com o cliente.

É também na logística de distribuição que se realiza a disponibilização da quantidade correta de mercadorias, chamada de fracionamento ou picking no setor.

É o produto certo na hora certa. 

Para que essa logística funcione plenamente, os processos devem ser bem definidos e estruturados, para que sejam eficientes e lucrativos para a empresa.

Entrega correta gera satisfação do cliente 

A distribuição também tem relação com a satisfação do cliente, que deve receber a sua mercadoria em perfeito estado e com uma espera justa por isso, uma entrega fora do prazo estabelecido pode resultar em perda de clientes.

Engana-se quem pensa que a logística de distribuição se relaciona somente com uma técnica de entrega de mercadorias. A logística pode ser um verdadeiro método de gerenciamento, que pode controlar desde a entrega de mercadorias até definir o volume do estoque e o uso do mesmo. Vamos listar abaixo algumas etapas da logística de distribuição, acompanhe!

1. O transporte

A logística e controle do transporte, muitas vezes, faz com que a mercadoria fique mais cara e por isso deve ser definida com muita cautela. Para colocar todos esses gastos na ponta da caneta, é necessário que seja feito um bom estudo com análise de custos, que serviço de transporte será utilizado, próprio ou terceirizado e o quanto a empresa pode gastar com isso.

2. Verificação da carga

É nesta etapa que é realizada a conferência de cargas, quantidades corretas e quais os tipos de mercadorias que serão enviados. Para esse processo ser mais rápido e também mais assertivo, algumas ferramentas podem ajudar, como é o caso de leitores de códigos de barras.

Deixar esse serviço no modo manual pode ocasionar em erros e erros significam perda de clientes e até devoluções. O manuseio dos produtos também faz parte desta etapa e deve ser feito com muita atenção.

3. Envio de mercadorias

Depois da expedição e conferência da carga, é hora de decidir como a mercadoria vai chegar até o cliente. Muitas empresas terceirizam esse serviço, o que pode ser uma ótima opção se a empresa não tiver um frete próprio. Mesmo que a entrega seja terceirizada, isso não significa que essa etapa do processo seja menos relevante, pelo contrário, nesse caso é necessária muita precaução.

Várias empresas de transporte disponibilizam sistemas de acompanhamento das entregas, o que facilita o contato e o controle. Geralmente esses sistemas também avisam caso uma mercadoria não seja entregue, através de ocorrências.

Custos, prazos, qualidade e um roteiro do serviço da transportadora são os pontos que devem ser ponderados nessa fase do processo da logística de distribuição.

A negociação é fundamental nesse sentido também, conversar com a transportadora escolhida sobre as necessidades da empresa e explicar exatamente quanto se pode gastar com o transporte, faz com que se chegue em um consenso bom para ambas as partes.

A logística de distribuição é muito estratégica e quando feita da maneira certa, gera satisfação para o cliente e lucros para a empresa, isso tudo que é o sonho de qualquer corporação.

Se você tiver alguma dúvida ou sugestão de assuntos relacionados a Logística de Distribuição dentro de empresas, nos envie.

Solução para Logística de produtos especiais, é minha especialidade. Vamos conversar? Agende seu horário.

transporte de medicamentos