Últimas reflexões

sobre o universo da logística

Por que o controle de temperatura é importante na hora de transportar medicamentos?

Por que o controle de temperatura é importante na hora de transportar medicamentos?

Os medicamentos são produtos que apresentam características especiais de fabricação, armazenamento e transporte. Por isso são muito sensíveis às variações de umidade, luz e temperatura, que em níveis errados pode danifica-los.  

A Organização Mundial da Saúde – OMS – divulgou que 50% das vacinas, por exemplo, chegam sem condições de uso aos pacientes. De forma que a temperatura é um fator muito importante na hora de transportar medicamentos. 

 

Transporte de medicamentos deve ser feito com responsabilidade 

Em toda a logística de transporte dos medicamentos deve haver um manuseio responsável, bem como o armazenamento que siga os padrões de qualidade e segurança. 

Somente desta forma eles chegam ao consumidor ainda com suas propriedades eficazes em prevenção ou contra as doenças.  

Os erros no transporte destes produtos fazem com que eles sejam considerados desqualificados para o consumo. 

A falta do transporte adequado ou pela falta de energia e geradores dos locais de armazenamento são um dos principais fatores para a perda destes medicamentos 

No Brasil ainda não há uma lei específica que traga a regulamentação este tipo de transporte, mas existem algumas normas e certificações. Estas são definidas pelo órgão competente do governo, pela OMS ou por laboratórios de pesquisa privados. 

Fiscalizações e normais de manuseio e armazenamento 

Quem deve fazer a fiscalização é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA, que tem dentre os seus manuais o Boas Práticas no Transporte de Medicamentos .  

Este material tem o objetivo de apresentar aos operadores logísticos, transportadoras e indústria sobre o correto armazenamento. Ainda contempla orientações para o acondicionamento, movimentação e distribuição. 

Aproveite e baixe nosso eBook, conteúdo exclusivo sobre Qualidade no Transporte de Medicamentos.

Para que o controle da temperatura dos medicamentos seja adequado é importante que o operador logístico conte sempre em seu quadro de colaboradores com um Farmacêutico formado e qualificado. Ele irá contribuir para garantir a integridade dos produtos em todo processo. Acompanhará se o transporte segue os padrões estabelecidos, dentre eles a temperatura correta. Toda a conservação dos remédios no momento do acondicionamento deles dentro do veículo deve ser orientada pelo farmacêutico. O mesmo acontece no recebimento e armazenamento. 

Adequação dos veículos e embalagens 

Os veículos da transportadora devem ser adequados e adaptados para transportar os medicamentos. Para fazer o correto controle de temperatura é preciso levar em consideração a distância a ser percorrida.  

Se o trajeto for longo, a melhor maneira de manter a temperatura é através de embalagens testadas e qualificadas que garantam a temperatura e integridade do produto durante todas as horas do trajeto até o destino final.  

É possível registrar toda a variação da refrigeração durante todo o período do transporte. De forma obter maior margem de segurança nos níveis do que considerado ideal. 

Ainda deve ser observado se o operador logístico possui o Certificado de Regularidade do Conselho Regional de Farmácia, que é uma exigência da Anvisa e passível de fiscalização e penalidades se não tiver.  

É imprescindível que o operador logístico tenha expedido e organizado as documentações de autorização de funcionamento, bem como a emissão de licença necessária para o exercício dessa atividade. 

Você sabia de todas estas exigências?

Comente sua opinião. Não se esqueça de sugerir novas e interessantes pautas para o nosso blog. Queremos te ouvir! 

 

transporte de medicamentostransporte de medicamentos